Ocorrências FOGO

Incêndio no Capão da Lagoa em Ituiutaba destruiu grande área de mata

Os trabalhos duraram em torno de duas horas e meia

14/09/2020 11h00
Por: R. A. C. O. Fonte: CBMMG
Foto: CBMMG
Foto: CBMMG

Um incêndio foi registrado no Residencial Drummond, em área de preservação do município de Ituiutaba, local conhecido como Capão da Lagoa, na noite do último domingo, 13. De forma imediata e com o intuito de preservar o meio ambiente e bens materiais, uma equipe deslocou ao local no caminhão de combate a incêndio e iniciou o combate ao fogo.

Os militares contiveram as chamas, que estavam altas, e utilizaram abafadores e uma linha direta (mangueira do caminhão de combate a incêndio com água sob pressão) para conter o fogo. Os trabalhos duraram em torno de duas horas e meia, com estimativa de que o incêndio destruiu cerca de 1000 metros quadrados de área de mata, não sendo possível identificar quem ou o causou.
  
O período de estiagem concentra o maior índice de queimadas ao longo do ano. Os focos de incêndio são derivados do tempo seco e da ação humana. A falta de chuva, a baixa umidade relativa do ar, a elevação das temperaturas durante o dia e a forte incidência de ventos criam condições ideais para a formação e propagação de incêndios em vegetação.
  
Os bombeiros alertam que provocar incêndios em matas, lixo e entulho é crime ambiental, de acordo com a lei 9.605/98. Se pego em flagrante, o autor é conduzido à delegacia, recebendo multa que varia entre R$150 e R$2500. Denúncias podem ser feitas através da Polícia Militar via 190 ou de forma anônima via 181.
Embora ainda seja prática comum na população, é ilegal e pode trazer prejuízos irreparáveis ao meio ambiente e à comunidade.

Continua depois da publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ituiutaba - MG

Ituiutaba - Minas Gerais

Sobre o município
Ituiutaba é um município do interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Sua população em julho de 2019, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, era de 104 671 habitantes.