Educação BRICS

Professor da UFU é um dos Jovens Cientistas que representam o Brasil em fórum sediado na Rússia

No evento, Rodrigo Muñoz, do Instituto de Química, falará sobre fabricação de dispositivos eletroquímicos com impressão 3D

23/09/2020 11h49
Por: J.D.M.N Fonte: Comunica UFU / Diélen Borges
Professor Muñoz se apresentará nesta quarta-feira (23/09), às 10h10 (Foto: arquivo do pesquisador)
Professor Muñoz se apresentará nesta quarta-feira (23/09), às 10h10 (Foto: arquivo do pesquisador)

Acontece nesta semana, de 21 a 25 de setembro, o 5º FÓRUM DE JOVENS CIENTISTAS DO BRICS, sediado em Chelyabinsk, na Rússia, mas realizado de forma virtual devido à pandemia de Covid-19. O evento reúne pesquisadores e inventores dos cinco países do BRICS: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Neste ano, os temas estratégicos escolhidos pelo país sede foram inteligência artificial, ecologia e ciência dos materiais. Para cada tema, foram selecionados cinco Jovens Cientistas (com até 40 anos) de cada país. No Brasil, a seleção foi feita pela Academia Brasileira de Ciências (ABC). Há ainda a categoria de Jovens Inovadores, formada por jovens com até 30 anos que tenham um produto ou protótipo com grande potencial de comercialização. 

Continua depois da publicidade

Um dos Jovens Cientistas brasileiros é da Universidade Federal de Uberlândia (UFU): o professor Rodrigo Muñoz, do Instituto de Química, que representa o país na área de Ciências de Materiais. Ele se apresentará nesta quarta-feira (23/09), às 10h10 (horário de Brasília), em palestra intitulada Electrochemical devices enabled by 3D printing. 

"Falarei sobre a linha de pesquisa que desenvolvemos na UFU na utilização da impressão 3D para fabricação de dispositivos eletroquímicos. Usando as mesmas impressoras 3D aplicadas à fabricação de protetores faciais e filamentos contendo grafeno, conseguimos fabricar sensores capazes de detectar metais (cobre, chumbo e antimônio) em águas, etanol combustível, ou mesmo em resíduos de disparo de arma de fogo", explica Muñoz. 

Continua depois da publicidade

Fórum acontece de forma virtual de 21 a 25 de setembro (Foto: arquivo do pesquisador)

Segundo o pesquisador, esses dispositivos também podem ser usados para análise de resíduo de explosivos, como TNT. Outra vertente do estudo, mais preliminar, é sobre análises clínicas. "Como é uma área relativamente nova, há muita investigação ainda a ser feita, desde novos materiais a serem empregados nestas impressoras, novos modelos de impressora e aplicações", afirma o docente. "A impressão 3D tem mostrado muitas possibilidades na construção civil,  aeroespacial, automobilística e na área médica, seja na impressão de próteses como na impressão de tecidos humanos", avalia.

O Brasil, por meio do  Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações, estabeleceu uma parceria com os demais países do BRICS para lançar, anualmente, um edital para projetos de pesquisas. Por isso, o fórum tem como objetivo aproximar os pesquisadores de áreas comuns para as parcerias futuras. 

Continua depois da publicidade

Temas estratégicos escolhidos pela Rússia são inteligência artificial, ecologia e ciência dos materiais (Foto: Reprodução do site oficial)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberlândia - MG

Uberlândia - Minas Gerais

Sobre o município
Uberlândia é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se a oeste da capital do estado, Belo Horizonte, distanciando-se desta cerca de 537 quilômetros.