Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Ocorrências

Após determinação da Justiça suspeita de latrocínio é presa


Mulher suspeita de envolvimento na morte de corretor em São Francisco de Sales é presa por determinação da Justiça de Itapagipe. Proprietária de uma casa de prostituição, Edilúcia Ferreira de Freitas, 45 anos, se preparava para deixar a cidade quando o mandado de prisão foi cumprido pela Polícia Militar. Aliás, foi o fato dela organizar sua mudança às pressas que chamou a atenção dos policiais militares.
De acordo com a investigação, Edilúcia e um comparsa – já identificado pela Polícia Civil – teriam matado o corretor Divonilto Moreira Rocha, 44 anos (de boné e camiseta azul), para ficar com seu carro e o dinheiro que ele pretendia usar para trocar o veículo (em torno de R$ 7 mil). A vítima desapareceu no dia 16 de fevereiro, mesma data em que suspeita-se que o crime tenha ocorrido. O corpo somente foi encontrado 24 dias depois.
Edilúcia nega envolvimento no latrocínio (matar para roubar), mas foi a partir do depoimento dela que a Polícia Civil chegou ao outro suspeito do crime e ao local onde Divonilto foi encontrado. O corpo do corretor foi localizado no dia 12 de março, em avançado estado de decomposição, no interior de um canavial, situado na região da Fazenda H7, distante cerca de 5 km da cidade de São Francisco de Sales.
Via: Pontal Online

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Anúncio