Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Ocorrências

Empresa emite posicionamento após denúncia de suposto abate de gatos em unidade instalada em Ituiutaba; PC investiga o caso

Foto: Reprodução/Facebook

Na tarde da última terça-feira, 13 de agosto, uma grave denúncia foi disseminada nas redes sociais com capturas de tela e relatos de que funcionários da empresa Mart Minas em Ituiutaba estariam fazendo “controle de pragas”, que seria o abate gatos existentes no interior e nas imediações do hipermercado.

Na publicação que foi compartilhada em grupos das redes sociais, aparecem imagens de pelo menos quatro funcionários da empresa e uma caixa com um gato, supostamente morto.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

A Polícia Militar de Meio Ambiente tomou conhecimento dos fatos e informou na manhã desta quarta-feira, 14, que uma equipe esteve no local e iniciou alguns levantamentos sobre o caso. A PMMG também informou que a Polícia Civil está no caso, tendo marcado oitiva e depoimentos, sendo ela a responsável pela investigação.

O delegado regional Carlos Fernandes confirmou que a PCMG iniciou diligências para a colheita de informações, que ainda não podem ser fornecidas.

Lei

Anúncio. Role para continuar a leitura.

De acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais quem pratica ato de abuso, maus-tratos, fere ou mutila animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é punido com detenção, de três meses a um ano, e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre a morte do animal.

Caso os fatos sejam confirmados, os responsáveis devem ser punidos criminal e administrativamente.

A empresa

Anúncio. Role para continuar a leitura.

O caso tomou grande repercussão e causou revolta nos internautas. Na página oficial do Mart Minas no Facebook, pessoas fizeram questionamentos acerca das providências tomadas pela empresa em decorrência da denúncia. Em uma das publicações a empresa se manifestou. Confira abaixo o posicionamento na íntegra!

“Olá, gostaríamos de esclarecer que o nosso departamento jurídico já está apurando essa denúncia e que medidas cabíveis serão tomadas imediatamente se confirmadas as alegações. O Mart Minas reitera que esse tipo de atitude não condiz com nossos valores e princípios, e que abominamos ações como essa, se de fato comprovadas. Somos uma empresa que preza pelo respeito a todos os seres vivos, sendo que a proteção aos animais que frequentam nossas unidades é regra permanente da empresa. Esclarecemos que após toda apuração do fato todas as medidas cabíveis serão tomadas para a responsabilização dos responsáveis. Agradecemos a contribuição de todos e reafirmamos o compromisso de prestar esclarecimentos a todos os cidadãos do que ficar evidenciado após as apurações.”

Anúncio. Role para continuar a leitura.
1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Retrospectiva 2019 – Veja tudo o que marcou o Pontal nesse ano! – Pontal em Foco

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Ocorrências

Uma equipe da Polícia Militar de Minas Gerais em Santa Vitória, na tarde da última quarta-feira, 3, às 16h20, no Bairro Jardim Europa, realizou...

Ocorrências

Na última quarta-feira, 3 de junho, por volta das 15h45, uma equipe da Polícia Militar de Minas Gerais em Uberlândia fazia patrulhamento pelo Bairro...

Ocorrências

O Grupo de Patrulhamento Tático da Polícia Rodoviária Federal – PRF em Uberlândia, com apoio da equipe ordinária do dia, após receber denúncia anônima...

Ocorrências

Uma mulher de 27 anos foi vítima de um roubo na última segunda-feira, 1°, por volta de 11h20, na Rua Doutor Renato Lansac Patrão,...

Anúncio