Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Saúde e Bem-estar

Governo de Minas promove ação para inserir pessoa com deficiência no mercado de trabalho

governo-de-minas-promove-acao-para-inserir-pessoa-com-deficiencia-no-mercado-de-trabalho (1)

Em Minas, o Dia Nacional da Contratação da Pessoa com Deficiência e Reabilitados, denominado “Dia D”, foi marcado por várias ações dedicadas ao atendimento para a inclusão da pessoa com deficiência (PcD). Em Belo Horizonte, a Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese)celebrou a data com um evento na Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Foram oferecidos à população mineira, por meio do Sine Móvel, serviços de emissão de carteira de trabalho, postagem e encaminhamentos de seguro-desemprego, além da intermediação de mão de obra.

O “Dia D” é uma promoção da Sedese, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da ALMG. De acordo com o secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Eduardo Bernis, o Governo de Minas tem trabalhado para promover a inclusão e aproximar os trabalhadores com deficiência das empresas e, consequentemente, ampliar o número desses trabalhadores no mercado formal de trabalho. “Com a iniciativa, a Sedese intensifica suas ações na questão do trabalho e emprego para pessoas com deficiência e reabilitados. Vale lembrar que o Plano Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o Minas Inclui, tem o objetivo de fortalecer as políticas públicas para este segmento. E um dos eixos é justamente o trabalho e qualificação profissional”, ressaltou o secretário.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

A realização do evento de “Dia D” promovido em Belo Horizonte contou com a participação dos seguintes órgãos e empresas: INSS, Senac, Fecomércio, Sesc, Bilboquê, Instituto Mario Pena, Neocenter, Tropeira Alimentos, Brasil Kirin, Sicepot (Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado de Minas Gerais), Confederação Brasileira dos Surdos, Coca-Cola, Materdei, entre outras.

Reabilitados

A representante de reabilitação profissional do INSS de Contagem, Nídia Medeiros Moraes, realiza o processo de captação de vagas para os reabilitados. “São trabalhadores que, por acidente ou alguma doença, seja de trabalho ou de qualquer natureza, ficaram incapacitados de sua função de origem”, explica. Para Medeiros, o “Dia D” é uma oportunidade de contatar novas empresas. “Encontramos várias empresas que não tínhamos no nosso cadastro e muitas com ofertas de vagas. Estamos ampliando nosso cadastro”, completa.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Roberto Catar Junior é trabalhador autônomo e utilizou os serviços do Sine Móvel durante o evento. “Esse movimento é muito importante para a inclusão de deficientes no mercado. Fiz o meu cadastro, foi muito tranquilo e rápido”, destacou. Marlúcia de Fátima Ferreira levou o sobrinho para tirar a carteira de trabalho. “Essa ação é ótima e facilita muito, pois temos um acesso mais rápido aos serviços”, elogiou.

De acordo com o subsecretário de Trabalho e Emprego, Hélio Rabelo, existem várias oportunidades de trabalho no Estado, voltados para as pessoas com deficiência e reabilitados. Somente no Sine da Assembleia estão disponíveis 118 vagas, para vários cargos. “Temos centenas de vagas disponíveis e muitas pessoas que querem trabalhar e não estão qualificadas. O Governo de Minas tem disponibilizado vários cursos voltados para a qualificação das pessoas com deficiência”, explica.  Para Rabelo, o “Dia D” é uma oportunidade para as empresas parceiras divulgarem suas vagas e uma ótima chance para captar as pessoas que procuraram os serviços. “Quem tiver alguma deficiência pode procurar o posto do Sine mais próximo, de onde pode sair com uma vaga de emprego ou inserido em um curso de qualificação profissional”, declarou.

Dados estatísticos

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que Minas Gerais possui cerca de 4,43 milhões de pessoas com deficiência. No Brasil, são cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa quase 24% do total da população brasileira. Além da participação no “Dia D”, a Sedese oferece um serviço de informações gerais sobre direitos e benefícios para as pessoas com deficiência. Por meio do site da Secretaria, os interessados podem obter informações sobre direitos assegurados em leis, escolas e clínicas especializadas, distribuição de órteses e próteses, isenção de impostos, normas de acessibilidade, referências bibliográficas, criação de associações e de conselhos municipais de pessoas com deficiência.

Anúncio. Role para continuar a leitura.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Anúncio